A paz que o rio traz

A distância entre POA e Triunfo não chega a 100 Km.
Porém, há um abismo no que diz repeito ao “comportamento das coisas”.

Pra começo de conversa, quem vem pela BR 290, chega a São Jerônimo e faz a Travessia sobre o Rio Jacui…

“La Barca”

…depois tem que encarar aquele transito animal…

“Disparada”

Essa Vaca lôca queria nos ultrapassar pela direita…e sem dar sinal.
Não me aguentei e abri o peito: “-SUA VAAAAAAAAAAAACAAA!!!”

Casa de Cultura de Triunfo

“se essa rua, se essa rua fosse minha…”

“Só eu sei as esquinas por que passei, ei, ei, ei…”

“Travessia”
(Quando falta assunto, puxo uma música. Normal…)

Cabral e o Jacuí. Velhos amigos…

Banho Tchéco…conhéce?

…Concentração no camarim…

Terson Praxedes e Ronaldo (Officina). Dois palanques desse Movimento.

…mais uma pegadita na letra pro “Alzaimer” não se manifestá…

…e enfim, em ação.

Gravei o ensaio de ontem aqui no Texo e mandei pro Tito.
Ele assistiu lá na Laranja Azeda e aprovou a levada…tamo no caminho!!!

O Tema do Ultra também saiu um balaço. O Chico é o Chico.
Tamo junto Sangue!!!

Bueno, daquiapoco (sexta) a Comparsa se tóca pra Vacaria pra fazer o show na Baqueria de los Pinhales.
Conto com a gurizada da Serra. VAMO!?!

E o Quévas a Comadre Shana estarão me representando no Festival do Cooperativismo em Nova Palma.
Suerte!!!

Anúncios

2 respostas em “A paz que o rio traz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s