“olha o dogado, olha o dogadooo…”

Tudo corre bem até aqui…

Graças a Deus!
Dias abençoados de outono, noites frescas e muito som.
Alguma mudança nos planos:

Não viajei a Santo Ângelo…
Optei por esperar a caravana aqui em São Borja.
No final das contas teria que fazer 400 km para cantar 1/2 música.
Claro…não tem preço cantar naquela Catedral histórica.
É que, na barraca, não tem como dormir até tarde. Tu é obrigado a saltar cedo.
Então, além de mal dormido, ainda teria que passar toda quarta de bico-seco.
Ninguém merece!
Ou, no mínimo, deixar algum parceiro de castigo para guiar o carro pra mim.
Ninguém merece mesmo!!
Fiquei acampado. Melhor assim.
Menos gastos, menos riscos.

No mais, tudo tranquilo. Já estamos todos reunidos em nome da Arte.
Com direito a homenagens oficiais a Portelinha e tudo mais…
Mas isso é OUTRO CAPÍTULO

Sejam bem vindos!

Anúncios

Uma resposta em ““olha o dogado, olha o dogadooo…”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s