Aquiiiiiii Cosquin

Ano novo e a velha vida de Músico continua, graças a Deus.
Estrada, Amigos, Bóia e Som. E claro, de vez em quando um troçinho pra tomar…

2012 me brindou com a confirmação de projetos nobres com velhos parceiros.

Tive a alegria de cantar, pela terceira vez, no Festival Nacional de Folklore de Cosquín
(província de Córdoba – Argentina)


Há meio século, Cosquin era reduto de leprosos, loucos e tuberculosos.
Um belo dia, o Prefeito levantou o telefone, convocou alguns folkloristas e virou o jogo.


Feliz por representar o Brasil em meio a grandes nomes da Arte Latino americana.
Desta vez, muito bem acompanhado pela Comparsa Eletrica:
Paulinho Goulart, Duca Duarte, Rafa Bisogno e Texo Cabral.


Compuseram ainda a delegação brasileira os poetas:
Rafael Ovídio, também conhecido como Cabo Déco (de camisa branca, ao centro),
Silvio Aymone Genro (com a camisa negra del Festival)
e o payador Pedro Junior da Fontoura (bem pilchado, à direita).


Chefiados por Julio Machado da Silva Filho, responsável pelo “Tratado de Hermanitud”
entre o Festival de Cosquin e a Califórnia da Canção Nativa do Rio Grande do Sul.

Tornamo-nos um corpo só, mesclando músicas, poemas e payadas por onde andamos:

No calor do desfile…


no fervor das “Peñas”…


no temor da estrada…


no sabor de la Cabaña 8…
(nossa casa en Cosquin)


na área dos turistas…


dos artistas…
(com Franco Luciani)


e no magnífico palco giratório del “Escenario Atahualpa Yupanqui”

Bueno, preciso agradecer…

A parceria dos profissionais da imprensa:
Christian Bonilha e Fábio Oliveira.

A confiança do Julinho em nos delegar tão nobre função.

Ao sangue da Comparsa Eletrica: Duca, Texo, Rafa e Paulinho.
(eu sei que com essa gurizada não tem tempo ruim)

Cabo Déco, Silvio Genro e Pedro Junior…pela atitude e alegria.

O carinho e respeito do povo argentino para com a Arte, notável!


E o meu muchas gracias aos novos parceiros da La Frontera Confecções.

#Tamojunto

Hablamos!
GRECCO.