porque pedalar

São Borja, 28 de janeiro de 2015

Não éra o caminho mais curto pra casa mas, só pelo abraço, por estar perto dessa Gurizada Akadêmica que nos representa nessa Pedalada, já valeu. O cenário foi o velho e bom Armazém do Pêpo para uma noite de Solidariedade, muita Arte e Buena Onda.


O amigo e confrade Diego Mota Dorneles, o Mococa, somou-se a trupe ostentando a Bandeira da Missioneira e Fronteiriça São Borja. Terra dos Angueras, da Barranca, da Confraria Ventania, dos Rillo e de tantos e tantos Amigos que essa Estrada da Arte e do Querer Bem nos regalou. João Zabaleta veio da Capital para o show e segue a viagem…


E porque pedalar?

*porque estão cogitando a construção de uma Represa em Panambi que pode comprometer o Salto do Yucumã e a maior reserva de Mata Atlântica do RS.


*porque a gasolina tá R$ 3,50
*porque enquanto a população cresceu 3% a frota cresceu 100%
*porque o governo dá privilégios fiscais para as montadoras de carro para gerar meia duzia de empregos e acaba causando a morte de centenas de gaúchos nas escassas estradas do Sul. Reduzem o IPI do carro, da Bice não !?!?!


*porque nos torna mais humanos e podemos testemunhar a solidariedade de cada irmão. (Cada lugar onde chegam pessoas, que nunca viram, abrem as portas de seus lares).
*porque acende aquela chama da Saudade, do Zelo, do Amor. Coisa que, as vezes, deixamos amornar no convívio diário com a Família. Como somos tolos !!!

Existem infinitas razões para pedalar. Encontre a sua.

Marco Antonio Rillo Loguercio
27 de janeiro às 09:56 · Editado ·
Intimação Cultural!
O que leva homens fronteiriços a saírem numa jornada sobre rodas: A busca pelo Pampa, o desbravar rotas desconhecidas, o conhecer a si mesmo, o remontar a história gaúcha! Podemos chama-los de tropeiros da modernidade, onde, sobre o lombo de uma bike deixaram seu pago para semear sua cultura e sua arte nos rastros de um novo pago. Há hospitalidade do gaúcho, a sombra e água fresca para seu descanso, o compartilhar de um sonho nas páginas viradas de um Terra Adentro, de um itinerário desapegado das horas. Os homens do sul chegaram a São Borja/RS para dividirem seu ideal de pássaros livres. Vamos todos estender os braços e viajarmos juntos nesta noite de arte e cultura no Armazém do Pepo. Toda a renda sera revertida para esta jornada sobre rodas. Cantemos juntos “Quem nunca saiu de casa, não tem para onde voltar”. Salve Salve.



Segue sugestão de Trilha Sonora interpretada pelo nosso Presidente Nandico:
(clique no link abaixo e boa viagem)



Sigam com Deus, Gurizada Akadêmica !!
Sentimos a falta de vocês. Mas estamos profundamente orgulhosos dessa façanha.
Que sirva de modelo a toda Terra !

Amigos da 89FM documentaram a passagem da Bicicleteada Missioneira.
(clique no link acima e saiba mais)

Anúncios

2 respostas em “porque pedalar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s