La Comparsa Elétrica

“Na garupa da memória trago velos e capachos,
vem o sal do suor antigo na trança do barbicacho!
Trago as fichas das esquilas sonorizando o vazio
da memória das tesouras que já perderam o fio!

Trago o passado a cabresto, mas sigo olhando pra frente,
o tempo nunca desbota o que é marcado na gente!
Assim, à velha comparsa, somou-se mais energia…
Com outro sabor, agora, ainda clareia o dia!

Outro sabor eu lhes trago no ofício de esquilador…
Não esqueço de onde venho, Don Telmo é meu professor!
Minha comparsa é de agora, vai seguir onde eu me for,
tosando a lã dos meus dias, sempre com outro sabor!

Vou esquilando lembranças que o tempo deve cardar…
Outro sabor de querência encanta o meu paladar!
Embora o fio das navalhas seja tocado a motor,
ainda é igual ao velo a alma do esquilador!

Quando a suarda vem pesada, não é com pouca garoa
que uma esquila perde preço, e assim é qualquer pessoa!
Antiga ou nova, o que importa é que ela seja parelha,
qualquer tesoura me serve quando não corta as ovelhas!”

(Rodrigo Bauer)

Respeitável Público !!!
Apresentamos a nova identidade visual da Comparsa Elétrica.

Essa marca acompanhará a Comparsa por onde ela passar daqui pra frente. Muchas gracias ao talento do artista e amigo Felipe Constant, que colocou seu traço no papel para sintetizar a identidade da banda.

Vem aí #ComparsaElétricaOFilme
Adelante Comparsa!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s